terça-feira, 24 de agosto de 2010

furto fatal

Acordou louco de amor
roubou uma margarida
                              infinita
e brincou de bem
                               me
                                      quer
por toda a
eternidade

Nenhum comentário: