quinta-feira, 29 de maio de 2008

A falta que você me faz

É tarde da noite e

sem sono

só o que faço é pensar em ti

não te tenho mais em minhas mãos

O hábito de sentir teu sabor

toda manhã

durante o dia todo

a sua presença em mim

Ah, que falta você me faz

Conselho bem intencionado

me diz que posso viver sem você

Que outrora fui feliz

e você não fazia parte da minha vida

Mas fato é que meu peito dói

e a culpa é sua

do tempo que passamos juntos

do tempo que passou em minha boca

Confesso minha fraqueza

hoje minha vontade de você é ainda maior

o desejo é incontrolável

volta pra mim

Marlboro querido.