quarta-feira, 27 de maio de 2009

Cadê

Cadê

Cadê
Cadê

Cadê

Cadê

?

?

? ?

Entre os meus
é sempre

Mas num é aqui

num é lá

É acolá que tá!

segunda-feira, 25 de maio de 2009

Solista

a tristeza de chorar sozinho
diante de algo belo o bastante
para nos engolir

em meio a uma platéia
intragável

sexta-feira, 22 de maio de 2009

Marcha da vida

O faro leva o olho
e dá numa cena:
eis o velho
um rádio
e é carnaval

Um diante de outro
não se sabe
qual mais antes

O velho tentava entrar com a cabeça
dentro do aparelho
num esforço pra ouvir
e o som era grande

Cena simples
que, no entanto
derreteu-se
revelando outra:


eis o velho
é carnaval

pleno

pois o som...
o cheiro...
a imagem...

o fato é que ERA

quinta-feira, 21 de maio de 2009

O Mundo dá Voltas

me encontro em plena luta
contra palavras

num crescente desencanto

caduco com coisas que
antes aclamava
acho bobo
tudo aquilo que
não é bobo

fecho os ouvidos
pro que antes proferia

vejo minha imagem
nitidamente
ridícula

reajo fugindo

e

chego

novamente

em

mim