domingo, 11 de maio de 2008

Entre umas e outras

Pra salvar meu coração
tenho sacrificado meu fígado

3 comentários:

bnagumo disse...

pô Anderson, desse jeito eu vou te citar...
muito bom!
vai na festa sábado?
abraço!

Leandro disse...

Pelo menos o figo regenera!
Até quando não se sabe...

Jonas Brandão disse...

Não se esqueça que você também sacrificou o colchão do João Marcos.