sexta-feira, 24 de março de 2017

no ponto

Hoje me comoveu o sorriso de uma senhora no Ponto de ônibus. Perguntei se ela sabia se havia alguma linha naquele horário. A reação dela denunciou que não sabia, mas emendou logo na sequência um “ logo passa”, com um sorriso confiante no rosto. Quisera eu ter essa confiança nos olhos, mas os tempos são duros, assim como meu olhar a constatar que ela estava errada.

Nenhum comentário: